[Trilogia Rayman] - O Mascote da Ubisoft e Seus Jogos

Apresente ou conheça um novo game!

Moderadores: orakio_rob, Goro's Lair, Sabat, Alexandre_Metal

[Trilogia Rayman] - O Mascote da Ubisoft e Seus Jogos

Mensagempor Kobayashi » 31 Jul 2010, 11:12

Imagem Imagem Imagem


Introdução:

A história de Rayman se confunde com a própria história da developer francesa Ubisoft, pois embora Rayman 1 não tenha sido o primeiro game feito pela empresa foi o game que realmente a projetou, tornando-a uma developer conhecida e respeitada, conforme constataremos abaixo.

Foto da minha humilde coleção de jogos da trilogia Rayman:
http://img821.imageshack.us/img821/3899/raymancollection.jpg

Imagem
O talentoso Michel Ancel, o pai de Rayman (e também de Beyond Good & Evil)

Imagem
Rayman em sua primeira aventura com belos e coloridos gráficos

Rayman criado pelo hoje mais ilustre funcionário da Ubisoft, Michel Ancel (que na ocasião contava com apenas 19 aninhos), foi um game lançado em 1995 para o Atari Jaguar, Playstation e Saturn, sendo que em 1996 foi lançada também uma versão para PC. Trata-se de um belo, bem-humorado e desafiador game no bom e velho estilo plataforma 2D que possui algumas qualidades técnicas impressionantes para a época: usa uma paleta de 16,7 milhões de cores e possui animações de sprites soberbas (penso que somente comparáveis às de seu contemporâneo Earthworm Jim). O game também é famoso pelo seu alto grau de dificuldade (ou desafio, depende do ponto de vista... eu prefiro ver por este ângulo: o do desafio).

Quem é Rayman ?????

O nome do primeiro jogo também é o de seu protagonista, o carismático Rayman um personagem que aparentemente não possui braços, pernas e pescoço (ao menos não de uma maneira visível), cujos cabelos giram como uma hélice e que tem como arma principal o arremesso de seus punhos.

Imagem

Embora Rayman 1 tenha sido lançado para as várias plataformas supra citadas, foi no Playstation onde o game realmente brilhou, tornando-se um dos mais vendidos do console e trazendo um grande retorno financeiro para Ubisoft que a partir daí se voltou com bastante vontade para indústria dos games.

Requisitos mínimos para se rodar Rayman através do PC:

Computador: Pentium 90 ou acima
Memória: 8 MB RAM
Sistema Operacional: Windows 95 ou Windows 98
Vídeo: DirectX compatível com 2d video card com 2MB VRAM 16 bit (high-color)
CD-ROM: 4x ou melhor
Som: placas de som compatíveis com a Sound Blaster


O vilão do primeiro game de Rayman é Mr. Dark:
Imagem

A introdução da história de Rayman é a seguinte: Mr. Dark roubou o Grande Proton, que nada mais é que uma esfera (ou globo) de energia que trazia o equilíbrio ao mundo de Rayman. O grande Proton era guardado por Betilla, a fada até Mr. Dark roubá-lo. Devido ao roubo do Grande Proton, os electoons, criaturas que habitam o mundo de Rayman, foram dispersos e aprisionados. Cabe ao herói Rayman partir em sua jornada de recuperar o grande Proton e restabelecer o equilíbrio ao seu mundo, porém, nesta árdua tarefa ele terá que enfrentar muitos desafios e inimigos, incluindo o temível Mr. Dark. Para ver a introdução animada do game onde são apresentados Rayman e Mr. Dark fiz um vídeo que você pode assistir logo abaixo (melhor visualizado em 480p):

Vídeo que mostra uma introdução animada do primeiro game de Rayman e Kobayashi jogando um pouco do início do game: http://www.youtube.com/watch?v=YLqAFHF1C9M

Outro vídeo que fiz com qualidade HD, desta vez contendo mais do gameplay de Rayman (versão Playstation):
http://www.youtube.com/watch?v=jh6BBLjcaF4 ( Kobayashi tentando jogar Rayman, perdoem sua ruindade )

Mais vídeos de Rayman 1 aqui: http://www.youtube.com/user/KobayashiBR ... 67F60085EE

Com o sucesso do primeiro game, a Ubisoft tratou de providenciar uma continuação só que desta vez com o foco no 3D. Eis que em 1999 é lançado inicialmente para o Nintendo 64 e PC o aguardado Rayman 2 - The Great Escape, um ótimo game no estilo plataforma 3D que posteriormente acabou sendo lançado também para o Playstation, Dreamcast e Playstation 2 (numa versão com alguns novos poderes e alguns estágios adicionais batizada com o nome de Rayman Revolution). Até o Nintendo DS foi agraciado com uma versão deste jogão em 2005.


Imagem
Rayman 2 - The Great Escape um dos mais belos jogos do Nintendo 64 utilizava o Expansion Pak, cartucho de expansão de memória RAM de 4 MB

Imagem
Imagem do gameplay de Rayman 2: The Great Escape

Rayman 2 foi um marco, sendo aclamado pela crítica especializada. Só para se ter uma idéia, o portal IGN elegeu Rayman 2 The Great Escape como sendo o melhor jogo do Dreamcast no ano de 2000. O game também foi um grande sucesso de vendas e tornou a Ubisoft ainda mais conhecida e respeitada, além de aumentar consideravelmente os lucros da empresa que podê então se expandir ainda mais no mercado de games.

Michel Ancel, com este game, foi elevado ao status de gênio (que posteriormente seria comprovado com o também fantástico Beyond Good & Evil).

Rayman 2 além de ser ambientado em 3D trouxe uma agradável novidade: Globox, o melhor amigo de Rayman e também, na opinião deste humilde usuário e retroamigo que vos escreve, um dos melhores e mais engraçados sidekicks da história dos videogames. Globox possui duas qualidades principais: sua enorme covardia e extrema lealdade a Rayman.

Imagem
Globox, melhor amigo de Rayman e um sidekicks mais legais dos videogames.

A introdução da história de Rayman 2 - the Great Escape é a seguinte: piratas robôs vindos do espaço sideral, sob a liderança do temível almirante Razorbeard invadem o mundo de Rayman e detroem o 'Heart of the World', o coração (núcleo) do mundo e de quebra ainda escravizam os habitantes do mundo de Rayman, incluindo o próprio que acaba sendo jogado em uma escura cadeia do navio-mãe de Razorbeard, o Buccaneer. Porém, Globox, o leal amigo de Rayman, vem ao seu encontro e o ajuda a escapar, embora a fuga tenha sido meio desastrada.

Para derrotar os robôs piratas e restabelecer o equilíbrio de seu mundo, Rayman deve reunir novamente os 1000 lums (800 na versão do PS1) que são pequenos "vagalumes" amarelos (que acabaram sendo dispesos durante a invasão dos piratas) e que em conjunto constituem o Coração do Mundo e deve também encontrar quatro máscaras especiais que despertarão um poderoso ser chamado Polukus. Durante sua jornada, Rayman contará com a ajuda de Ly, a fada (inicialmente aprisionada), Murphy (uma mosca verde) e de alguns outros personagens, além do seu fiel amigo Globox.

Imagem
Almirante Razorbeard, sentado em seu trono no navio-espaçonave-mãe, o [I]Buccaneer[/I]

Rayman 2 possui gráficos, level design e gameplay ótimos. A história também se desenvolve de uma maneira bem agradável e o nível de dificuldade pode-se dizer que é equilibrado. Além disso, o game é repleto de vários mini-games, sendo que na versão do PS2 existe um de futebol em que os jogadores são os muitos filhotes de Globox (não sei se este mini-game existe nas outras versões) .

Abaixo, um vídeo que fiz da abertura de Rayman Revolution (o Rayman 2 - the Great Escape do PS2):

Abertura de Rayman Revolution (o Rayman 2 do PS2) e Kobayashi em nova tentativa patética de jogar de maneira decente um game de Rayman.
http://www.youtube.com/user/KobayashiBR ... m4bXdSr2Vg

Mais vídeos de Rayman Revolution aqui:
http://www.youtube.com/user/KobayashiBR ... B6C20FDEB3

Vale a pena mencionar que no dia 01/03/10 foi lançada uma versão de Rayman 2 - The Great Escape para o Iphone ao custo de 4,99 dólares (isso não chega nem a 10 reais). Essa versão parece ter ficado muito boa, eis um vídeo do gameplay:
http://www.youtube.com/watch?v=aMgU2x1j8Ck&

Caso alguém aqui for proprietário de um Iphone e estiver interessado em baixar o game, aqui tem mais informações a respeito:
http://itunes.apple.com/us/app/rayman-2-the-great-escape/id355845407?mt=8

Com o sucesso de Rayman 2 a Ubisoft planejou naturalmente uma continuação desta vez com foco nos consoles de 128 bits e eis que em 2003 surge o terceiro game da série,intitulado: Rayman 3 - Hoodlum Havoc que foi lançado para o Playstation 2, Game Cube, Xbox, PC e também para os portáteis GBA e NGage.

Imagem
Capa de Rayman 3, game que une belos gráficos a uma boa jogabilidade

A introdução da história de Rayman 3 é a seguinte: um lum vermelho chamado André se volta para o mal, perdendo sua iluminação e se tornando feioso com a aparência de uma moscona preta nojenta. Ao tocar outros lums vermelhos, André acaba também os corrompendo e cria um exército (os Hoodlums do título) que roubam pêlos de animais e tecem "vestimentas", conferindo a eles uma estranha aparência de humanóides encapuzados que utilizam armas de fogo e tendo por objetivo espalhar a maldade no mundo de Rayman. Acidentalmente, Globox acaba engolindo André e então Rayman parte junto com Globox (e o malvado André dentro dele) em uma jornada para desbaratar o exército de Hoodlums e salvar novamente o seu mundo.

Imagem
André, o maligno líder dos Hoodlums é um lum que se voltou para o "lado negro da força"

Imagem
A aparência de um típico Hoodlum com seu capuz e arma

A grande diferença de Rayman 3 para o seu antecessor é a presença de power-ups de duração temporária acessíveis a Rayman através de latas especiais espalhadas pelo jogo. São 5 power-ups no total: o primeiro deles faz com que Rayman dispare pequenos tornados que o ajudam a "desenroscar" plataformas e a diminuir o tamanho dos seus inimigos, o segundo faz Rayman usar uma garra permitindo a ele agarrar "argolas" flutuantes e também eletrificar seus inimigos, o terceiro confere a Rayman a habilidade de um super soco que arrebenta portas com facilidade, o quarto permite a Rayman controlar um míssil (se parece mais com um foguete) remotamente e o quinto e último é um chapéu-helicóptero que auxilia Rayman a atingir maiores alturas. Uma outra diferença em relação ao segundo game é que Rayman pode coletar jóias e aumentar sua pontuação num sistema de Combo.

Imagem
Imagem do gameplay de Rayman 3, sendo que esta fase ou estágio ocorre num pântano chamado: The Bog of the Murk (ou o pântano das trevas).

Imagem
Rayman batendo uma bolinha com seu próprio corpo.

Na minha opinião, Rayman 3 é um game no estilo plataforma muito bom, divertido e underrated (subestimado) que acabou não tendo o mesmo êxito de vendas do segundo game, embora possua vários fãs espalhados pelo mundo como este que vos escreve.

Uma curiosidade interessante é que em Rayman 3 Globox é dublado por John Leguizamo (o carinha que fez o Luigi no filme Super Mario Bros.).

Vídeo do gameplay de Rayman 3 onde Kobayashi mais uma vez tenta não fazer feio, embora falhe miseravelmente em sua empreitada:
http://www.youtube.com/watch?v=06HZRpApu_Q

Mais vídeos de Rayman 3 aqui: http://www.youtube.com/user/KobayashiBR ... 828B060FC7

Então é isso, galera. Me perdoe quem gosta destes coelhos de Rayman Raving Rabbids (que considero chatos à beça), mas Rayman de verdade são estes três games no estilo plataforma aí e que venha Rayman Origins. :D

Trailer de Rayman Origins que deverá ser lançado ainda em 2010, traz Rayman de volta às suas raízes e com um detalhe importantíssimo: sem coelhos (se você gosta deles você é feio e bobo) e com o retorno triunfal de Globox.
http://www.youtube.com/watch?v=KcPzHO9MM9A

Imagem
Vai encarar, coelho encardido ?
Super Star Wars My Complete Video Walkthrough - High Quality:
http://br.youtube.com/user/KobayashiBRl
Avatar do usuário
Kobayashi
 
Mensagens: 17
Registrado em: 07 Jan 2009, 17:40

Voltar para Análises

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


cron