Desabafo de um oldgamer...

De 64 Bits pra baixo tá valendo!

Moderadores: orakio_rob, Goro's Lair, Sabat

Desabafo de um oldgamer...

Mensagempor dantus » 09 Set 2011, 18:58

É, o tempo passa rápido...na adolescência imploramos pelo desaparecimento das espinhas e o surgimento da maioridade, nesse contexto tudo demora muito pra ocorrer em nossas vidas, no entanto após certo tempo fechamos os olhos e num instante, aqui estamos. Nasci em 81, época em que computadores eram usados exclusivamente por empresas, época em que tvs Lcd, tablets, smartphone, touchscreen, hdmi e bluetooth eram "coisa" de ficção científica. Foram muitos os momentos memoráveis na minha infância, o auge das locadoras de games, meu primeiro videogame(atari), as brincadeiras na rua, etc. Quando joguei Pitfall, Zaxxon, River Rider, Frogger e Bobby is Going to Home no atari era feliz, mas com o tempo conheci o Nintendinho e os fliperamas...adeus atari. Logo veio o Snes, Mega Drive, e os super consoles com mídia de CD(3do, psone). Lembro de uma matéria da ação games em que uma técnica da Tec Toy ao falar sobre o processo de montagem do Mega Drive afirmava ser impossível criar uma versão compacta do mesmo pois o maquinário de 16 bits era muito complexo....hoje temos o ipod nano na ponta dos dedos, estamos na época da mobilidade meu caro. Hoje com 30 anos, olho pra trás e faço um retrospecto de tudo que vivi na indústria de games e percebo como tudo ficou muito simples. Nosso mercado de games está repleto de máquinas potentes e inovadoras, no entanto o que vejo é uma enxurrada de jogos simples, sem criatividade. Realmente, a era de ouro dos games foi a 16 bits. Nos tempos de Master System já haviam jogos 3D como o Out Run 3D, atualmente o mercado tenta empurrar jogos com essa tecnologia que já era usada há muitos anos atrás como se fosse alguma novidade, algo essencial, mas não é. As maiores e recentes revoluções ocorreram com o Kinect e o Move, porém ainda estão em estágio inicial de desenvolvimento, e o que vemos é uma enxurrada de games bobos que não exploram o potencial verdadeiro destas tecnologias. Na década de 90 haviam muitas softhouses, vários estilos de games eram lançados mensalmente indo do survival horror, plataforma, puzzle, shooter, adventure, action, até o RPG. Os anos foram passando várias softhouses pequenas foram absorvidas por aquelas que hojes seriam as gigantes dos games como a EA, Square-Enix, Konami e IDSoftware. O mercado está recheado de games, e escasso de novidades, são vários títulos de RPG, váaaaaaaarios FPS, e os eternos FIFAS e PES da vida. A últimas vez em que joguei um game inovador foi em 2006(Shadow of Colossus). A grande maioria dos jogos usam fórmulas criadas e usadas há muito tempo atrás. Tomb Raider usa a exploração e saltos em masmorras criadas no primeiro Prince of Persia e Pit Fall; Mario é o eterno adventure-plataforma recheado de mundos, estrelas e cogumelos da mesma forma em que era em Super Mario 3; Doom inaugurou o estilo FPS que serviu de base pra jogos lançados até hoje como Modern Warfare; Final Fantasy possui magias, chocobos, gunblades, leviatans, bahamuts e outras feras em cada lançamento, sempre mudando a embalagem e mantendo o mesmo conteúdo; Gran Turismo 5 é jogo de corrida em 3D, assim como Out Run 3D era no Master System. Onde está a revolução? Os estilos de games diferentes? Por quanto tempo ainda veremos eternas continuações de FPS, jogos de futebol e outras franquias criadas quando éramos crianças? Games como God of War 3 e Uncharted são lindos e empolgantes, mas tem o prazo de validade de um filme, duram pouco e uma vez finalizados, tornam-se enjoativos. Atualmente não consigo jogar um game por muito tempo, não tenho saco pra jogá-lo novamente, mss conheço pessoas que jogam até hoje Pac-Man :-) O futuro não pertence a nós, é incerto, mas gostaria de ver o retrobits online daqui há 30 anos, servindo como testemunhos para nossos filhos e netos, pois a história dos videogames e os testemunhos de uma época que não voltam mais estão aqui...ademais, fico aqui, aguardando uma nova revolução no mundo dos games, uma nova plataforma, uma forma deiferente de jogar, uma interação maior, um conteúdo mais acessível.
Imagem
Bacharel e Usuário de Tecnologias Open-Source
Avatar do usuário
dantus
 
Mensagens: 115
Registrado em: 04 Ago 2007, 16:20
Localização: Rio Branco - Acre

Re: Desabafo de um oldgamer...

Mensagempor Man On The Edge » 10 Set 2011, 00:41

81? Tá novo... Eu nasci em 75... :mrgreen:

Bem... Concordo que as softhouses hoje em dia apostam muito mais nos nomes das franquias do que na qualidade em si.

Hoje em dia realmente ficou tudo mais fácil criar um jogo... Afinal, temos estações gráficas supermodernas e o escambau. Antes, ao criar jogos para o limitado espaço dos cartuchos, era preciso ter muito mais imaginação e aproveitar ao máximo cada pixel existente.

Discordo quando diz que não se deve mais criar continuações de franquias famosas. Quem não quer ver um Castlevania, Contra, Double Dragon ou mesmo um Streets Of Rage com gráficos de última geração, mas com jogabilidade igual dos jogos originais?

Agora, uma coisa é certa... Esses FPS da vida, PES e GTAs só enchem o saco. Parece que a molecada hoje só quer saber dessas porcarias. Aí as softhouses só lançam isso...

E o pessoal das softhouses anda tão sem imaginação que ficam relançando jogos nem tão antigos em HD... Vide Resident Evil Code: Veronica X, Resident Evil 4 e Silent Hill... Caça-níqueis dos infernos. Dão um upscaling nos jogos, empacotam e botam pra vender...

Shooters hoje em dia são raros. Beat´em up, nem se fala... Hoje o que manda é FPS e os "uíningueléven" da vida. Me recuso terminantemente a virar casaca para jogar isso. Não gosto nem um pouco desses gêneros.

Alguns desses jogos mais modernos realmente são um saco. Devil May Cry por exemplo... O povo adora, mas eu achei fraquinho demais. Repetitivo e com história insossa... Mas também temos jogos memoráveis da era moderna, como God Of War, Gran Turismo, Onimusha... Para mim, são jogos que não cansam de serem jogados.

Também acho que a melhor era dos jogos foi a dos 16 bits. Graças ao bom Deus, ainda tenho os 3 melhores consoles dessa época: Mega, SNES e Neo Geo...

Abraços
Man On The Edge
 
Mensagens: 33
Registrado em: 12 Ago 2011, 18:16

Re: Desabafo de um oldgamer...

Mensagempor Boca-Fox » 10 Set 2011, 04:42

Pessoal, cuidado pra não generalizar...

Assim como existem Beat en up ou shooters que não valem um saquinho de pipoca, existem sim FPSs fantásticos, não estou falando daquelas porcarias segure o gatilho e atire em tudo que se mover...

Half Life é fantástico, não ganhou tantos prêmios a toa. Portal é inteligentíssimo, desafiador e inovador. Halo Reach tem uma história exelente, chorei no final como chorei no filme Fomos Heróis, tamanho o envolvimento emocional com a trama e os personagens, mas conta-se fácil os poucos e raros títulos que realmente valem a pena. Fico realmente triste quando vejo criticarem tanto um estilo (qualquer que seja) sem conhecer os títulos que realmente valem a pena.

Eu mesmo levei muito tempo pra tentar experimentar algo do gênero e dei sorte de pegar um título que tem conteúdo para perder a virgindade, que foi Half Life 1. Mas pela minha profissão, me vi obrigado a experimentar vários FPS e 98% foi pro lixo, por isso existe este preconceito tão grande dos retrogamers com os FPSs. Joguei 15 minutos do COD Black Ops e digo que achei nojento pros meus clientes eles não acreditam, dizem que sou louco, mas é a realidade... Não podemos culpá-los, eles não conheceram os bons jogos de verdade!

Porém, tem muita coisa retro que resolvi rejogar que cheguei até a terminar, mas não consegui passar de 10 minutos no game, esquisito, mas é assim. Hoje seleciono e muito o que jogo, tanto do novo como do velho, não importa gênero, softhouse, paltaforma, sou gamer com diploma, afinal, venho do velho tele-jogo de 1973 acompanhando e jogando tudo que veio depois dele... sou gamer e gosto JOGO bom, com conteúdo, porém, o que pode ser bom pra mim, não pode ser para os outros e vice-versa, tanto é que pra mim God of War, Warcraft, todos os Need For Speed depois do Underground 2, Onimusha, os Metal Gear Solid novos, os Resident Evil novos, e mais alguns que não lembro e são aclamadíssimos, não me descem pela garganta de modo algum, aí é questão de gosto...

Bom é isso... forte abraço!
Imagem
Imagem
"OS MELHORES JOGOS SOBREVIVERÃO PARA SEMPRE"
Alexey Pajitnov - Inventor do TETRIS
http://williampinheiro482.blogspot.com/
Avatar do usuário
Boca-Fox
Site Admin
 
Mensagens: 1354
Registrado em: 24 Jul 2007, 19:38
Localização: Cerquilho - SP

Re: Desabafo de um oldgamer...

Mensagempor Man On The Edge » 10 Set 2011, 11:22

Boca-Fox escreveu:Pessoal, cuidado pra não generalizar...

Assim como existem Beat en up ou shooters que não valem um saquinho de pipoca, existem sim FPSs fantásticos, não estou falando daquelas porcarias segure o gatilho e atire em tudo que se mover...

Half Life é fantástico, não ganhou tantos prêmios a toa. Portal é inteligentíssimo, desafiador e inovador. Halo Reach tem uma história exelente, chorei no final como chorei no filme Fomos Heróis, tamanho o envolvimento emocional com a trama e os personagens, mas conta-se fácil os poucos e raros títulos que realmente valem a pena. Fico realmente triste quando vejo criticarem tanto um estilo (qualquer que seja) sem conhecer os títulos que realmente valem a pena.

Eu mesmo levei muito tempo pra tentar experimentar algo do gênero e dei sorte de pegar um título que tem conteúdo para perder a virgindade, que foi Half Life 1. Mas pela minha profissão, me vi obrigado a experimentar vários FPS e 98% foi pro lixo, por isso existe este preconceito tão grande dos retrogamers com os FPSs. Joguei 15 minutos do COD Black Ops e digo que achei nojento pros meus clientes eles não acreditam, dizem que sou louco, mas é a realidade... Não podemos culpá-los, eles não conheceram os bons jogos de verdade!

Porém, tem muita coisa retro que resolvi rejogar que cheguei até a terminar, mas não consegui passar de 10 minutos no game, esquisito, mas é assim. Hoje seleciono e muito o que jogo, tanto do novo como do velho, não importa gênero, softhouse, paltaforma, sou gamer com diploma, afinal, venho do velho tele-jogo de 1973 acompanhando e jogando tudo que veio depois dele... sou gamer e gosto JOGO bom, com conteúdo, porém, o que pode ser bom pra mim, não pode ser para os outros e vice-versa, tanto é que pra mim God of War, Warcraft, todos os Need For Speed depois do Underground 2, Onimusha, os Metal Gear Solid novos, os Resident Evil novos, e mais alguns que não lembro e são aclamadíssimos, não me descem pela garganta de modo algum, aí é questão de gosto...

Bom é isso... forte abraço!


Foi mal o exagero aí... :oops:

Mas claro, porcaria tem em qualquer gênero.

98% dos FPS que são lixo na sua opinião? :shock:

Muita coisa. O que me dá raiva sobre os FPS e "uniningueléven" não são bem os jogos em si, mas alguns (ou mesmo a maioria) que jogam isso. Você fala com esse povo e jogo pra eles é só FPS e futebol... Principalmente a molecada da "geração preisteichon". :|

Esse pessoal se acha o rei da cocada preta só porque sabem jogar isso. Entra numa lan-house e você só vê gente jogando Counter Strike...

De boa... Até tentei gostar de FPS várias vezes, mas não dá. E isso desde o Doom e o Wolfenstein... Me dá dores de cabeça depois de uns 10 minutos jogando.

Abraços
Man On The Edge
 
Mensagens: 33
Registrado em: 12 Ago 2011, 18:16

Re: Desabafo de um oldgamer...

Mensagempor heiderassamita » 10 Set 2011, 11:46

Sinceramente eu acho que mudaram mais as pessoas do que os jogos. Há muita porcaria atualmente? Sim, claro. Assim como havia muita porcaria antes também. Hoje todo mundo faz FPS? Na era 16 bits todo mundo fazia jogos de plataforma. Os grandes estúdios vão pelo que é mais fácil e mais rentável, sempre. Call of Duty é um pecador por continuar no mesmo estilo? Talvez seja. Super Mario Bros, Super Mario Bros 2, Super Mario Bros 3 e Super Mario World são em essência o mesmo jogo, com poucas atualizações também. Hoje há muito mais variedade e muito mais estilos que antigamente - basta saber procurar. Quer um jogo de estilo e dificuldade mais old? Pegue um Super Meat Boy, por exemplo. Ou Scotty Pilgrim. Ou VVVVVV. Inovação? O Wii provavelmente foi mais inovador que qualquer outro videogame que fez sucesso na história. Portal transpira originalidade. Com certeza há excelentes jogos nesta geração, tão bons quanto os jogos de gerações anteriores. Basta pesquisar e se livrar de preconceitos.
:gg: :ds: :sms: :md: :ps2: :psone: :dc1: :psp: :a2600: :gbcolor:
Avatar do usuário
heiderassamita
 
Mensagens: 21
Registrado em: 12 Ago 2011, 20:33
Localização: Divinópolis

Re: Desabafo de um oldgamer...

Mensagempor JamesR » 11 Set 2011, 18:56

Tem jogos ruins de todos os gêneros, devemos saber separar o joio do trigo.Por exemplo, do mesmo jeito que existem merdas como Duke Nukem Forever, existem ótimos FPSs como Halo, Resistance e Borderlands!
E algumas pessoas também dizem que jogos 2D saíram de moda, eu discordo! Obviamente não são tão populares como eram nos anos 90, mas há muitos lançamentos desse gênero ainda, Owlboy, Limbo, Scott Pilgrim, Braid e mais uma penca tão aí pra provar :) Shmups a mesma coisa, vários games saíram nesses últimos anos, como Raiden III e IV, Last Hope e Under Defeat, todos jogões! É tudo uma questão de gosto, pois embora nessa gen os FPS estejam onipresentes, ainda temos muita diversidade.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Metal na veia!!
Avatar do usuário
JamesR
 
Mensagens: 91
Registrado em: 13 Jun 2009, 14:48
Localização: Na moitinha em cima de Pallet

Re: Desabafo de um oldgamer...

Mensagempor Grandpa » 12 Set 2011, 09:38

dantus escreveu:A últimas vez em que joguei um game inovador foi em 2006(Shadow of Colossus). A grande maioria dos jogos usam fórmulas criadas e usadas há muito tempo atrás.


Estava pensando aqui nos jogos novos que joguei nos últimos tempos, não foram tantos assim, e realmente de inovador mesmo foi o Shadow of Colossus. Esse me surpreendeu. O Wii inovou na jogabilidade de uma maneira geral, mas os jogos em si não chegam a ser inovadores.
Avatar do usuário
Grandpa
 
Mensagens: 787
Registrado em: 03 Nov 2007, 21:11
Localização: Dagobah

Re: Desabafo de um oldgamer...

Mensagempor Samuel Batista » 12 Set 2011, 14:33

Na minha opinião, quantidade de jogos ruins se dá ao fato da popularização das ferramentas de desenvolvimento.
Quanto mais gente produzindo, maior a possibilidade de sair coisa ruim.
Da mesma forma que com mais gente produzindo, existe uma possibilidade de surgirem novas franquias e até mesmo novos estilos.

Cabe a nós separar o joio do trigo.

Reclamamos do excesso de FPS mas lembramos que um dia desses saiu o jogo novo (e de qualidade) pro Mega Drive?
Lembramos da enxurrada de jogos de qualidade que são lançados diariamente para o iPhone/iPad/Android?

Reclamar que as locadoras ou a turma sempre joga Winning Eleven eu já reclamo desde as épocas do SNES e sempre reclamarei, já que detesto o estilo.

E o Zeebo? Foi mesmo um fracasso ou serviu para que despontassem alguns estúdios nacionais (alguns com games para o PSP) e escolas de formação de profissionais?

-

Querer que tudo continuasse como era na época dos 16 Bits é querer que a indústria fique estagnada.
Reclamar que Wii/Kinect/Move possuem uma penca de jogos ruins é querer dar o passo maior que a perna, eles estão em um primeiro estágio de inovação (inovação essa que há 10 anos era ficção científica) e suas segundas gerações provavelmente trarão funções muito mais imersivas.

Aliás, a nova revolução será imersão cada vez maior no jogo. Perspectiva em primeira pessoa associada aos sensores de movimento e telas 3D ainda pode ser algo rudimentar com a tecnologia atual mas acredito que em alguns anos será um negócio de deixar todos bestas.

E estaremos lá, lembrando de nossos consoles de 8 e 16 Bits como alguns donos de mercearia lá no interior onde meu pai nasceu ficam lembrando do seus arcaicos ábacos e dizendo que ali era muito melhor!
"Taylor inventou o time attack" (Samuel Batista)

:gbclassic: :ds:
Avatar do usuário
Samuel Batista
Site Admin
 
Mensagens: 1721
Registrado em: 24 Jul 2007, 19:26
Localização: Fortaleza - CE

Re: Desabafo de um oldgamer...

Mensagempor RSavi » 13 Set 2011, 17:50

É , tudo isso é sinal que estamos ficando velhos mesmo ein!! rsrsrrs

Assim pessoal, temos que cuidar para não nos deixarmos influenciar por epocas e nostalgias.
Sim, realmente na epoca dos 8 e 16 bits muitos jogos eram "revolucionários", concordo em grau, genero e numero... porém, qualquer jogo um pouco diferente na epoca já era revolucionário, tudo era novidade, tudo era um grande salto.
Hoje em dia, ainda existem jogos "revolucionários" sim, como o Shadow of the Colossus, revolucionários sim como o LA Noire com seu sistema de feições reais e forma investigativa de jogo, como Gears of War, que pela primeira vez conseguiu unir um FPS com um Third Person Shotter de forma perfeita, jogos como LIMBO (PSN e LIVE) que trabalha o silêncio e a melancolia, Katamary Damancy que é um jogo imbecil de rolar uma bola e ir ela crescendo, consegue ser viciante e extremamente inovador.
Oblivion, é um jogo que revolucionou e quebrou paradigmas dizendo SIM, é possível um RPG em primeira pessoa, e provou isso ganhando inúmeros prêmios como melhor jogo.
Red Dead Redemption para quem não jogou, é capaz de achar que eh um GTA no faroeste, sinto muito em chutar o balde, mas Red Dead Redemption é um dos jogos mais emblemáticos de todos os tempos, com uma trilha sonora sem igual, uma historia cheia de reviravoltas e extremamente emocionante com uma jogabilidade perfeita e open world perfeito.
Como foi falado, Portal é um jogo que revolucionou demais os conceitos, sendo um jogo deveras simples, mas extremamente inteligente.
Braid, quem jogou sabe do que eu estou falando, quem não jogou crie vergonha na cara e termine esta obra prima.
Metal Gear, não há palavras para descrever a história criada por Hideo Kojima, somente jogando todos os jogos para entender a vastidão do negócio.
Splinter Cell conseguir se tornar um jogo realmente stealth, se isso não é revolucionário, sinceramente não sei o que é.

Honestamente... a lista poderia ir, e ir e ir e ir... mas com certeza, eu digo que o maior problema que as pessoas como nós temos com os jogos novos, é a nossa vida, nossa vida corrida, cheia de compromissos e com falta de tempo. Em que não temos como apreciar uma história bem contada em um jogo como tinhamos a 15 anos atrás, apesar de os jogos terem virados verdadeiros filmes, inclusive com atores hollywoodianos.

Muito das pessoas reclamam dos jogos de hoje, mas um fato irrefutável é que a industria de games evoluiu DEMAIS, os jogos ficaram muuuuito melhores, porém fomos nós que mudamos, infelizmente não temos como acompanhar a evolução da industria, e por conta disso, admiramos tanto os clássicos que nos fazem relembrar da melhor epoca de nossas vidas!!
"Se todos ao seu redor estão desesperados exceto você, provavelmente você ainda não compreendeu a gravidade do problema!"

Imagem
Avatar do usuário
RSavi
Site Admin
 
Mensagens: 333
Registrado em: 25 Jul 2007, 13:27
Localização: Blumenau/SC

Re: Desabafo de um oldgamer...

Mensagempor dantus » 13 Set 2011, 21:15

Muito das pessoas reclamam dos jogos de hoje, mas um fato irrefutável é que a industria de games evoluiu DEMAIS, os jogos ficaram muuuuito melhores, porém fomos nós que mudamos, infelizmente não temos como acompanhar a evolução da industria, e por conta disso, admiramos tanto os clássicos que nos fazem relembrar da melhor epoca de nossas vidas!!


Falou tudo!! :D

Calma pessoal, não queria criar nenhuma confusão. Tenho um PS3 com Killzone 3, jogo que pra mim é um espetáculo visual, além de viciante. Mas o que me refiro é exatamente o que foi contextualizado na resposta do Rsavi. O fato de ser uma época de guerras de indústria de jogos e o mercado ser embrionário naquela época gerava várias surpresas em lançamentos para nós, oldgamers :oops: Como Rsavi disse: tudo era novidade. Sinto saudade simplesmente disso: da sensação que nós tinhamos de novidade, naquela época. Escrevi muito no post inicial, mas parte foi apenas vontade de expressar um pouco das coisas boas que já vivenciei, e creio que vocês também :)
Imagem
Bacharel e Usuário de Tecnologias Open-Source
Avatar do usuário
dantus
 
Mensagens: 115
Registrado em: 04 Ago 2007, 16:20
Localização: Rio Branco - Acre

Re: Desabafo de um oldgamer...

Mensagempor RSavi » 13 Set 2011, 22:18

Dantus, seu tópico foi perfeito mano!!! Tudo que eu disse é a minha opinião, naum uma verdade, e é com tópicos assim, que geramos combustível para discussões e conversas contrutivas!!!
8)
"Se todos ao seu redor estão desesperados exceto você, provavelmente você ainda não compreendeu a gravidade do problema!"

Imagem
Avatar do usuário
RSavi
Site Admin
 
Mensagens: 333
Registrado em: 25 Jul 2007, 13:27
Localização: Blumenau/SC

Re: Desabafo de um oldgamer...

Mensagempor adriano gannam » 25 Set 2011, 22:35

realmente vivemos atualmente numa época onde há uma enxurrada de informações e opçóes de todos os lados. não é apenas com os videogames que houve esta progressão, superprodução e até de certa forma banalização de jogos e videogames... aconteceu com a música, computadores, carros, celulares... somos bombardeados pela inovação a todo momento, e seu curso é acelerado em nome da tecnologia e consumismo. tão acelerado que nosso divertimento com os jogos novos passa a ser de certa forma efemero. termina-se um game rapidamente, com toda facilidade e dificilmente temos aquela vontade de jogá-los novamente. os jogos não nos prendem como antes porque esta geração é diferente da nossa. ela segue este ritmo, é ávida por novidades, pelo novo, não tem tempo deficar horas na frente da tv como tínhamos. não se tem tempo de "morrer" e começar tudo de novo (claro que não exageradamente como em Shadow of the Beast - uma vida e nenhum continue). que moleque ficaria hoje horas na frente da tv tentando passar daquelas fases terríveis de battletoads? hoje os jogos viraram fast-food! nossa geração era mais pacata. por isso, muitos de nós ainda nos prendemos aos jogos antigos: feitos para serem jogados, e não terminados para que logo voce consuma outro.
alguém tem alguma idéia de um remake ou continuação para as novas gerações que tenha dado realmente certo? na minha opinião, RE 1 para GC foi fantástico, mas o que foi Sonic Genesis para GBA, Altered Beast, Final Fight e Golden Axe para PS3? E as novas tentativas da Sega com Sonic para Wii, PS2? O que foi aquele Cavaleiros do Zodíaco para PS2, Saga de Hades, feito totalmente nas coxas e na pressa? É uma pulverização de jogos, de todas as formas e tipos onde apenas alguns conseguem realmente prender nossa atenção em meio a um monte de jogos vazios, onde nem se acredita como puderam ser colocados no mercado. Em contrapartida,muitos jogos são revolucionarios e continuam sendo lançados. O problema é que se perdem no meio de tanta porcaria saindo ao mesmo tempo. Isso causa uma grande desproporcionalidade - jogos bons Vs. jogos ruins e nos dá a sensação de estarmos em meio ao caos. Mas há muitos games bons de grandes criadoras e que merecem nossa atenção que são lançados e que continuarão sendo.
Avatar do usuário
adriano gannam
 
Mensagens: 20
Registrado em: 24 Set 2011, 20:08


Voltar para Retrobits

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


cron